Início / ESPAÇO LITERÁRIO / Matemática sem razão

Matemática sem razão

A arte de amar é ilógica
Não obedece a regras, funções ou equações.
O coeficiente linear
Nesse caso, foge a lógica
É energia
Corpos em sintonia
De forma metafórica
Expresso pedagogia
De maneira eufórica
Alieno-me aos seus ângulos
Na geometria do quadrado, esfera, triângulo
Encontro minha raiz
Sem a lógica de Delta
Duas raízes reais se encontram
Num mesmo eixo, nesse universo não vazio
Descubro-me da razão
Atribuo uma variável
Para x, é emoção
Faça calculo de duas almas
Multiplicando à intenção
Para a vida mil incógnitas
Frutos da interrogação
Mistérios não resolvidos
Somem a reflexão
Divida o tempo
Diminua na razão
Viva para amar
Ame com explosão
Explore a Matemática
Pela imaginação,
O pensamento cria vida
O amor à emoção…
Romário Lima

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *